Como aprender uma nova linguagem de programação por ano

Alguns desenvolvedores experientes recomendam que aprendamos uma nova linguagem de programação por ano. Eu concordo com isso. Acho interessante estudar um novo paradigma, novas maneiras de se fazer o que fazemos na nossa linguagem preferida. Isso é renovador.

As vezes você está de saco cheio da linguagem de programação que você trabalha, como o JavaScript. Então, talvez seja hora de estudar uma outra linguagem como o Java para que você veja como é chato comece a dar valor as facilidades das linguagens mais modernas. - não podemos perder a oportunidade de zoar o Java

Tirando a brincadeira com o Java (não levem a mal, por favor), na prática é bem complicado estudar uma linguagem por ano. Temos diversas variáveis que podem atrapalhar nesse nosso objetivo como estar em uma faculdade, curso técnico, emprego, horários, trânsito consumindo nosso tempo, os parentes pedindo pra formatar computador ou consertar o celular, etc, etc.

Se você está fazendo algum curso técnico ou faculdade, foque no que está estudando lá e deixe essa dica somente para quando tiver acabado. Senão você pode acabar se enrolando nos estudos.

Estudar a linguagem que trabalhamos ja é complicado, ainda mais se você trabalha com JavaScript e acompanha as mudanças que estão ocorrendo. Não da tempo.

Porém existem algumas maneiras de se estudar bastante coisa sem ficar louco e eu vou compartilhar algumas dicas sobre isso nesse post.

Lendo livros

Livros são de longe o que eu mais gosto de usar para aprender uma linguagem nova.

Quando eu comecei na área de desenvolvimento comprei diversos livros sobre HTML, CSS, JavaScript e PHP, que era com o que eu trabalhava na época.

Livros são bons por que tem uma boa profundidade técnica e riqueza em detalhes. Alguns são bem ruins, de leitura complicada, porém da para acertar na aquisição de bons livros pedindo dicas nas comunidades.

Uma dica é comprar um Kindle. Os livros saem bem mais em conta nessa plataforma e você pode levar para qualquer lugar. Pode ler no ônibus, em uma fila grande ou naquele passeio mais longo. Tem gente que consegue trabalhar, estudar, cuidar da família e mesmo assim ainda ler 41 livros em um ano graças ao Kindle! Eu no ano passado eu li somente 8 livros completos e algumas partes de outros, quem dera ler 41.

Indo a eventos

As pessoas se confundem quando me vem, desenvolvedor JavaScript, no meio de palestras sobre Big Data, Machine Learning, Golang, Clojure, Android, Ruby, Scala, e até jogos com C# e Unit. Pareço ser um intruso ali no meio.

Isso não é só por causa do meu vício em aprender. Eu faço isso para ver como outras tecnologias resolvem os problemas que eu enfrento e também para acompanhar o mercado de tecnologia, afinal ele muda toda hora.

Uma boa maneira de encontrar eventos na sua região é utilizando a plataforma do Meetup.com. Basta entrar lá e dar uma pesquisada sobre o que você curte ou quer aprender.

Praticando

Agora é a parte que eu mais gosto!

Se você entrar no meu GitHub vai encontrar muitos repositórios sobre JavaScript, mas também ai aparecer repositório sobre Android, mas isso é só o que eu quis versionar… Localmente eu ainda tenho projetos (de exemplos, claro) em Ruby, Python, Go, Elixir, etc.

Basicamente se eu quero conhecer uma linguagem eu vou lá e instalo e fico fazendo alguns exemplos de código que acho na internet.

Claro que com isso eu não aprendo uma nova linguagem eu só passo a conhecer elas.

Mas existem maneiras de realmente aprender as linguagens.

Exercism

O Exercism é uma plataforma com diversos desafios em várias linguagens que podemos ir resolvendo para melhorar nossas habilidades ou mesmo aprender algo novo.

Basta entrar aqui com seu GitHub, instalar a CLI e baixar os exercícios na linguagem escolhida.

Garanto que você vai quebrar a cabeça em alguns problemas.

A única dificuldade que você pode enfrentar é se não tem familiaridade com Terminal.

Atualmente eles tem mais de 30 linguagens de programação. Divirta-se!

RackerRank

O RackerRank, além de ser uma plataforma para você treinar suas habilidades, também é utilizado por algumas empresas como teste para entrevistas de emprego.

Então se você pegar o jeito nele pode ser mais fácil de passar em uma entrevista que traga algum exercício da plataforma.

Basta entrar nesse endereço, se cadastrar, escolher a linguagem e nível e se divertir.

CodeWars

O CodeWars é bem parecido com o RackerRank, porém eu gosto mais desse, pois sua interface é mais legal. - Pra mim

Ainda não tem tantas linguagens como as outras plataformas que indiquei, porém tem exercícios muito legais.

Basta entrar aqui escolher a linguagem e brincar até esquecer que tem que ir trabalhar.

Divirta-se!

Programação é divertido. É por isso que eu escolhi entrar nessa área. Não adianta você se forçar a aprender uma linguagem por ano se você não estiver gostando.

Se realmente não for do seu perfil estudar uma linguagem por ano, então não estude.

Não pense que você é um programador ruim por isso.

Existem diversas outras coisas que precisamos fazer para sermos bons desenvolvedores, estudar uma linguagem por ano é só uma delas e serve para aprender mais paradigmas. Porém você pode aprender tais paradigmas vendo vídeos, tutoriais, só indo as palestras ou discutindo em foruns.

Conclusão

Sempre se programe para aprender uma nova linguagem. Não basta entrar nessas plataformas e sair codando, é necessário um planejamento para que isso se torne um habito. Talvez estudar uma hora por dia ou estudar duas vezes por semana. Você precisa realmente marcar um compromisso com esse estudo.

O RackerRank é a plataforma com mais conteúdo e todas as que eu indiquei possuem a filosofia de utilizar TDD enquanto você pratica, então é muito bom utilizar esses recursos para estudar a nova linguagem e ainda aprender sobre Testes de Software.

Espero que tenha curtido essas dicas.

Se gostou, comenta aqui em baixo, compartilha com seus amigos, com a sua cobra de estimação que quer estudar Python ou com aquele camelo que você troca mensagem no Telegram que quer aprender OCaml.

Espalhe a palavra.