Participe do grupo no Telegram

Como instalar o Nodejs via binários (tar.xz) no Linux

Como instalar o Node.js através de um pacote tar.xz na maioria das distribuições Linux

Arquivos .tar.xz são extremamente comuns no mundo Linux. Mesmo depois da evolução da maneira como instalamos programas nas distribuições Linux mais famosas para o usuário final (ou pessoas que não querem ter muito trabalho com configuração do sistema operacional), como o Ubuntu ou Linux Mint, ainda existem momentos em que só temos um .tar para instalar e não um .deb da vida (equivalente ao .exe no Windows ou .dmg no MacOS).

Com Node.js não é diferente. Temos a instalação via apt, um instalador de softwares para Linux, mas também temos a versão .tar.xz para os casos em que precisamos baixar os binários, como quando não temos internet para utilizar o apt.

A melhor maneira de instalar o Node.js é via NVM, o gerenciador de versões do Node, como você pode conferir neste artigo. Mas, sabendo que às vezes é necessário instalar direto dos binários, neste artigo vamos aprender a baixar e instalar o Node.js via .tar.xz no Linux.

Pacotes em um fundo branco

Baixando o Node.js tar.xz

Acesse o site do Node.js (nodejs.org) e clique na versão que você deseja baixar, seja a LTS ou current.

Extraindo e instalando os binários

Por padrão instalamos bibliotecas e algumas partes de softwares no diretório /opt do Linux.

O arquivo que você baixou deve ter a seguinte nomenclatura: node-vx.y.z-linux-x64.tar.xz. Onde x.y.z é a versão do Node.js.

Para extrair o arquivo diretamente para o diretório /opt, execute o seguinte comando:

tar xf node-v*-linux-x64.tar.xz --directory /opt

Caso você não tenha permissão de acesso a esse diretório, você pode executar o seguinte comando:

sudo chmod -R 755 /opt

Agora será necessário adicionar as entradas para os comandos do Node.js funcionar no seu sistema operacional.

Abra o arquivo .profile, que está no seu diretório home. Neste exemplo vou utilizar o editor de textos VS Code, mas você pode utilizar qualquer um que estiver disponível no sistema, como o Nano ou Vim.

Execute no terminal:

code ~/.profile

E adicione o seguinte texto no final do arquivo.

# NodeJS
export NODEJS_HOME=/opt/node-vx.y.z-linux-x64/bin
export PATH=$NODEJS_HOME:$PATH

Onde x.y.z deve ser a versão que você acabou de extrair para o diretório /opt.

Também será preciso adicionar as mesmas linhas no arquivo .bashrc ou no .zshrc, que também ficam no seu diretório home.

Será o mesmo processo:

Abrir o arquivo .bash ou .zshrc via editor de textos:

code ~/.bashrc

E adicione o conteúdo no final do arquivo.

# NodeJS
export NODEJS_HOME=/opt/node-vx.y.z-linux-x64/bin
export PATH=$NODEJS_HOME:$PATH

Lembre-se de corrigir x.y.z para a versão que você acabou de extrair para o diretório /opt.

Será necessário recarregar o arquivo .profile e o .bash/zshrc no seu terminal, para isso você pode fechar e abrir o terminal ou executar o seguinte comando:

. ~/.profile ~/.bashrc

Com isso temos uma instalação do Node.js via .tar.xz no Linux.

Conferindo a se deu tudo certo

Para verificar se o Node.js está corretamente instalado no seu sistema operacional, execute o seguinte comando no terminal:

node -v

Isso irá retornar a versão que você acabou de instalar.

Referências

Photo by Leone Venter on Unsplash.

Categorias:

Espalhe a palavra!

Compartilhe este artigo nas redes sociais clicando nos ícones.

Deixe um comentário