Ouça meu podcast

Como instalar o Nodejs via binários (tar.xz) no Linux

Como instalar o Node.js através de um pacote tar.xz na maioria das distribuições Linux

— 4 minutos de leitura

Editar este artigo

Arquivos .tar.xz são extremamente comuns no mundo Linux. Mesmo depois da evolução da maneira como instalamos programas nas distribuições Linux mais famosas para o usuário final (ou pessoas que não querem ter muito trabalho com configuração do sistema operacional), como o Ubuntu ou Linux Mint, ainda existem momentos em que só temos um .tar para instalar e não um .deb da vida (equivalente ao .exe no Windows ou .dmg no MacOS).

Com Node.js não é diferente. Temos a instalação via apt, um instalador de softwares para Linux, mas também temos a versão .tar.xz para os casos em que precisamos baixar os binários, como quando não temos internet para utilizar o apt.

A melhor maneira de instalar o Node.js é via NVM, o gerenciador de versões do Node, como você pode conferir neste artigo. Mas, sabendo que às vezes é necessário instalar direto dos binários, neste artigo vamos aprender a baixar e instalar o Node.js via .tar.xz no Linux.

Baixando o Node.js tar.xz permalink

Acesse o site do Node.js (nodejs.org) e clique na versão que você deseja baixar, seja a LTS ou current.

Extraindo e instalando os binários permalink

Por padrão instalamos bibliotecas e algumas partes de softwares no diretório /opt do Linux.

O arquivo que você baixou deve ter a seguinte nomenclatura: node-vx.y.z-linux-x64.tar.xz. Onde x.y.z é a versão do Node.js.

Para extrair o arquivo diretamente para o diretório /opt, execute o seguinte comando:

tar xf node-v*-linux-x64.tar.xz --directory /opt

Caso você não tenha permissão de acesso a esse diretório, você pode executar o seguinte comando:

sudo chmod -R 755 /opt

Agora será necessário adicionar as entradas para os comandos do Node.js funcionar no seu sistema operacional.

Abra o arquivo .profile, que está no seu diretório home. Neste exemplo vou utilizar o editor de textos VS Code, mas você pode utilizar qualquer um que estiver disponível no sistema, como o Nano ou Vim.

Execute no terminal:

code ~/.profile

E adicione o seguinte texto no final do arquivo.

# NodeJS
export NODEJS_HOME=/opt/node-vx.y.z-linux-x64/bin
export PATH=$NODEJS_HOME:$PATH

Onde x.y.z deve ser a versão que você acabou de extrair para o diretório /opt.

Também será preciso adicionar as mesmas linhas no arquivo .bashrc ou no .zshrc, que também ficam no seu diretório home.

Será o mesmo processo:

Abrir o arquivo .bash ou .zshrc via editor de textos:

code ~/.bashrc

E adicione o conteúdo no final do arquivo.

# NodeJS
export NODEJS_HOME=/opt/node-vx.y.z-linux-x64/bin
export PATH=$NODEJS_HOME:$PATH

Lembre-se de corrigir x.y.z para a versão que você acabou de extrair para o diretório /opt.

Será necessário recarregar o arquivo .profile e o .bash/zshrc no seu terminal, para isso você pode fechar e abrir o terminal ou executar o seguinte comando:

. ~/.profile ~/.bashrc

Com isso temos uma instalação do Node.js via .tar.xz no Linux.

Conferindo a se deu tudo certo permalink

Para verificar se o Node.js está corretamente instalado no seu sistema operacional, execute o seguinte comando no terminal:

node -v

Isso irá retornar a versão que você acabou de instalar.

Referências permalink

Photo by Leone Venter on Unsplash.

Este conteúdo te ajudou? permalink

Se eu consegui te ajudar, considere contribuir com o meu trabalho através dos links abaixo.

Qualquer valor é muito bem vindo e os apoios começam a partir de 1 real. Apoiar via Apoia.se Apoiar via PicPay Apoiar via PayPal